O ex ministro Teixeira dos Santos levanta a ponta do nosso véu financeiro

TeixeiraDosSantosEx ministro de Sócrates abre-se em confidências sobre Bruxelas

Justificando a sua afirmação que a taxa de juro do empréstimo de ontem era demasiado elevadadeclarou o Prof. F. Teixeira dos Santos, ex ministro socrático das Finanças:

«Tomando como exemplo a análise da Comissão Europeia, no âmbito da troika, num quadro de crescimento nominal do PIB entre 3,5% e 4% e de um saldo primário estrutural positivo a variar entre 2,6% e 3% do PIB, a taxa de juro que precisaríamos para sustentar a dívida seria de 4,5%»

O Economista Português considera indispensável que os portugueses sejam informados dos modelos financeiros na base dos quais Bruxelas  negoceia com o governo português. Precisamos de conhecer essas contas em tempo real. Santos refere um modelo,  do tempo em que era poder. Esse modelo ainda é aplicado? A questão é decisiva: o nosso futuro económico e financeiro passa pelas fórmulas desse modelo. É por elas que pensa a cabeça da nossa classe política.

Anúncios

Os comentários estão fechados.