Preço da Energia em Portugal: FMI quer baixar, Ministro promete aumentar

EdpAnteontem, foi divulgada a 10ª avaliação do Fundo Monetário Internacional (FMI) que sugeria ao governo que baixasse os preços da energia, um bem não transacionável.

Nesse mesmo dia, o ministro da Energia, Engº Jorge Moreira da Silva, em entrevista a Público, prometia que os preços da energia subirão pelo menos até 2020.

Porquê?   A energia é um lóbi concentrado, que com facilidade derrama os seus benesses sobre o poder, e os consumidores, industrias e particulares, estão dispersos, e por isso são incapazes de «influenciar» o poder.

Como pode o governo querer que o PIB aumente se o próprio governo aumenta os preços dos inputs?

Anúncios

Os comentários estão fechados.