Previsões de Bruxelas evidenciam o nosso Buraco Negro

ForçaDeTrabalhoeTaxaDeDesempregoComissãoEuropeia2014WinterForecastAs previsões de inverno da Comissão de Bruxelas (acima) apontam para a diminuição do emprego (coluna azul) ou para a diminuição da taxa de desemprego (linha encarnada)?

A fragilidade face à deterioração do «sentimento» do mercado financeiro e a elevada dívida do setor privado são dois dos perigos para a recuperação portuguesa, segundo revelam as previsões de inverno da Comissão Europeia, ontem divulgadas em Bruxelas. As previsões quantitativas sobre Portugal datam da décima visita de inspeção da troika.

Estas previsões, em geral otimistas sobre as economias portuguesa, europeia e mundial, singularizam-se por apontarem um buraco negro da nossa economia, que em geral escapa aos observadores: a elevada dívida do setor privado (empresas e lares).

Em 2014, o PIB da União Europeia crescerá 1,5% e o dos Estados Unidos 2,9%,  revelam as previsões da Comissão de Bruxelas, que prevêem a aceleração do crescimento económico do velho continente.

http://ec.europa.eu/economy_finance/publications/european_economy/2014/pdf/ee2_en.pdf

Anúncios

Os comentários estão fechados.