A Eurozona e nós: o Dr. Passos Coelho percebe o que se passa?

PassosCoelhoInterrogativoA Comissão Europeia prolongou até ao fim de Junho o programa de ajuda a Portugal o que de um ponto de vista simbólico dificultará que o Dr. Passos Coelho dele se aproprie para ganhar as eleições ao Parlamento Europeu, em maio. Dito de outro modo: Berlim assinala que prefere em Lisboa um governo de Bloco Central.

Terá o Dr. Passos Coelho percebido a manobra de envolvimento? O Dr. Coelho acusou os portugueses de fazerem um «bicho de sete cabeças» por ele ir cortar mais cerca de 1% do PIB no nosso rendimento, corte que ele considera maravilhoso para nós e excelente para o PSD ganhar os nossos votos; sábado passado, em Valpaços, declarou que não ia cortar nas pensões nem nos salários, nem aumentar os impostos e a imprensa de ontem publicou um documento da troika (ao qual O Economista Português não teve acesso)  declarando que o governo do Dr. Coelho concordou em cortar imediatamente as pensões. Mais um caso em que o Sr. Primeiro Ministro foi económico com a verdade ou mais um caso em que os dossiers lhe escapam ? O leitor considera que o Dr. Coelho acompanha o meio ambiente?

Anúncios

Os comentários estão fechados.