O FMI preocupado com a Caça aos Gambuzinos em Portugal

empregoNoSetorComercializávelPortugaleIrlandaPara todos os níveis de qualificação da mão de obra, a proporção empregada no setor produtor de bens tranasacionáveis é menor em Portugal do que na Irlanda (gráfico do relatório do FMI citado abaixo)

O relatório do Fundo Monetário Internacional (FMI) sobre a 11ª avaliação do programa da troika é pessimista sobre a ssustentabilidade da dívida pública portuguesa: ela atingirá mais de 140% do PIB se houver três choques simultâneos: quebra de 4% do PIB, aumento de dois pontos percentuais da taxa de juro da dívida pública ou surpresas desagradáveis no campo orçamental, nomeadamente devido à inclusão das empresas públicas.

O FMI nunca se preocupa com assuntos tão mesquinhos como a reorganização da produção agrícola ou industrial, mas a sua lengalenga sobre a ausência de reforma estrutural  da economia portuguesa  significa que além da repressão do consumo privado, pouco aconteceu na economia portuguesa durtante o eríodo troikiano.

O FMI está preocupado com os riscos de derrapagem financeira derivados da coincidência entre o período de caça aos gambuzinos e o fim da tutela formal e ostensiva ao semioprotetorado e por isso pede acordo PSD-PS para evitar agravamento do défice orçamental.

*

O relatório do FMI sobre a 11ª avaliação está disponível para descarregar em

http://www.imf.org/external/pubs/cat/longres.aspx?sk=41494.0

Anúncios

Os comentários estão fechados.