Wall Street Journal questiona Supervisão no BES

 

WSJ18jul14WSJartigo17jul14Contrariando o otimismo panglossiano da imprensa portuguesa, o Wall Street Journal, um dos dois mais conceituados diários financeiros do mundo, questiona a supervisão financeira no caso do BES, invocando que desde 2012 o banco se debatia com dificuldades. A supervisão inclui o Banco Central Europeu (BCE) e no plano nacional o Banco de Portugal (BdP).

O Economista Português é hipercético em relação à supervisão financeira dos bancos, exceto do ponto de vista da criação de emprego no setor terciário. Hoje a questão é:  os supervisores, cujo fracasso está à vista, conseguirão ajudar a resolver o problema no futuro? Deus queira.

Os comentários estão fechados.