Perdemos o nosso 15º mercado de exportação alimentar > Obrigado Srª Merkel e Dr. Barroso

DurãoBarrosoMerkel

A chancelarina Merkel e o presidente da Comissão de Bruxelas, Durão Barroso

Na sequência das sanções económicas decretadas pela União Europeia contra a Federação Russa, esta decidiu ontem o embargo à importação de bens alimentares; Portugal perde  assim o seu 15º mercado, com expetativa de crescimento anual de 10% e um valor de 50 milhões de euros, segundo valores colhidos na imprensa e que O Economista Português não confirmou.

O Economista Português põe à consideração dos seus leitores agradecerem à Chancelarina Merkel e ao Dr. Durtão Barroso, principais impulsionadores da ameaça de guerra que está na origem deste embargo. agradecerem porque é mais uma oportunidade de falência e portanto de reconversão dada às empresas portuguesas – a doutrina oficial de Berlim, da Comissão de Bruxelas e do Dr. Passos Coelho.

Pior do que isto é, por certo, o aumento do risco de uma nova guerra na Europa que, devido ao isolamento internacional dos combatentes, não será mundial.

Os comentários estão fechados.