«Pipeline» Caudal do Sul: Bruxelas dá novo Tiro no Pé

SouthStreamPipeLineOntem, o Sr. Putin anunciou que a Rússia desistia do «pipe line» Caudal do Sul («South stream»), que passaria por baixo do mar Negro para transportar o seu gás até à Áustria, e o substituiria por um acordo com a Turquia. O «pipe line» está representado no mapa supra. Caudal do Sul, ainda por cima caudal em parte subterrâneo, é um nome de síntese entre o romantismo alemão e o misticismo eslavo;  a ser construído, o dito Caudal do Sul  traria a Rússia para o coração da Mitteleuropa e pela intimidade física lembraria o Bucentauro a beijar o mar na lagoa de Veneza.

Esta história linda acabou ontem – antes de começar. Vejamos. AUnião Europeia (UE) quer densificar a sua rede de transporte de gás, o que seria operado pelo Caudal do Sul.  Que fez a UE? Proibiu o «pipe line» Caudal do Sul por…  violar as regras da concorrência da própria UE. Depois convocou a Rússia para o banquinho dos meninos mal  comportados e tentou colocar-lhe o são benito ao peito. Foi o tiro no pé. A Rússia recusou. O Sr. Putin aproveitou a gaffe bruxelina para valorizar a Turquia. Por seu lado, o sucessor do Império Austro-Hungaro está mais gagá do que o avôzinho, falecido de morte violenta em 1918.

Esperemos pela próxima intox emanada do Departamento de Truques da UE para nos explicarem mais esta maldade anti-UE do Sr. Putin.

Os comentários estão fechados.