São as Festas O Economista Português declara-se em Serviços Minímos e deseja Bom Natal e Bom Ano Novo a Todos e a Cada Um

4 responses to “São as Festas O Economista Português declara-se em Serviços Minímos e deseja Bom Natal e Bom Ano Novo a Todos e a Cada Um

  1. Meu caro Luis.
    Retribuo o desejo mal resolvido de festas felizes.
    Abraço.

    M.Jorge Ricardo

  2. O Economista Português agradece e esmea-se em resolver bem o seu voto de festas felizes para todos e para cada um (incluindo o Dr. Jorge Ricardo)

  3. João Paulo Sousa

    Boas festas.

  4. O Economista Português agradece