Como empregar Desempregados

CaracolO caracol leva a casa às costas mas a evolução não deu ao desempregado português semelhante caraterística genética

Para empregar desempregados, o governo anunciou ontem que lhes dará um incentivo quando tenham que mudar de local de residência. Em abstrato a ideia é boa: os manuais todos apregoam o que seja mobilidade laboral. Na realidade, o esquema foi inspirado nas deslocaõoes em serviço dos funcionários públicos.  Acrescentou-se-lhe mesmo um subsídio de mudança. Mas, ao que O Economista Português leu na imprensa da esepcialidade o funcionários que elaboraram a norma esqueceram um pormenor: os desempregados terão que ter uma casa de habitação no local de destino.  Quem paga o encarecimento da habitação? E o risco? O desempregado. Por isso, o esquema falhará. Talvez desse mais trabalho aos funcionários empregados descobrirem um arrendamento para os desempregados empregáveios. Talvez o Estado pudesse pensar em cobrir o risco inerente a estas mudanças. Mas….

Anúncios

Os comentários estão fechados.