A Receita da Troika é indispensável ao Dr. Passos Coelho

NovoBancoOcupaçãoDeAgênciaO calote do «papel comercial» do BES está a conduzir a formas de luta cada vez mais violentas. Que sairá da reunião de Leiria?

A Comissão Europeia e os ministros dado Eurogrupo já reconheceram que a receita da troika não é necessária e talvez seja prejudicial do ponto de vista económico-financeiro. Contudo, o governo do Dr. Passos Coelho, continua a defendê-la. Porquê? A receita da troika é-nos reconhecidamente prejudicial mas é indispensável para a fórmula político-eleitoral do governo. Se ele dissesse: «ofendi-vos e empobreci-vos aplicando a receita da troika» ganharia as eleições? Por isso, contra gregos e troianos, tem (e terá) que continuar a afirmar o inverosímil: a troika salvou-nos, vencemos a crioise (ver post abaixo).

Do ponto de vista da política económica e financeira, começamos longos meses intervalares.

Anúncios

Os comentários estão fechados.