A Fraude do Deutsche com a Libor contada por Miúdos

DeutscheBankPublicidadePara surpresa de muitos, os bancos dos nossos credores alemães não são todos honestos

O Deutsche Bank foi há dois dias condenado pelas autoridades bancárias britânicas e norte-americanas a pagar uma multa record de 2,5 mil milhões de dólares por ter viciado os mercados Libor e Euribor para obter taxas de juro favoráveis (ai se fosse um banco português, a gritaria que teria sido….). O Libor é a taxa que influencia a quase totalidade das transações financeiras pois é o juro o qual os bancos emprestam dinheiro uns aos outros. O leitor foi por certo vítima dessa fraude do Deutsche (prestação da casa, prestação do carro, rendimento dos produtos financeiros vendidos pela banca, etc). Esta fraude mostra que as mais sérias empresas contemporâneas conservam o espírito dos robber barons, do século XIX.

Para compreendermos a fraude, é necessário ver como é fixada a taxa Libor. Todos dias úteis, às 11 da manhã, dezasseis bancos importantes anunciam, independentemente uns dos outros, a que taxa de juro pedem dinheiro emprestado. A agência financeira Thomson Reuters calcula a média, excluindo os quatro valores mais altos e os quatros valores mais baixos, entrega-a à British Bankers’ Association (BBA), que a divulga ao meio dia.

Se a taxa Libor sobe na vertical, é a crise, os bancos recusam emprestar uns aos outros; em condições normais, se a taxa sobe moderadamente, acima da taxa dos bancos centrais, a banca realiza lucros maiores, pois vai buscar dinheiro barato ao banco central. Se um banco está fragilizado, deveria pagar juros mais altos, mas o processo Libor permite-lhe esconder essa fragilidade, autorizando-o a pedir juros baratos. Foi o que fez o Deutsche Bank, desde 2005, viciando a taxa tanto na alta como na baixa, tanto para maximizar os lucros como para minimizar os prejuízos.

A fraude exige uma combinação entre pelo menos cinco bancos  – pois os quatros valores extremos não são considerados. Mas  o sistema está inteiramente na mão dos bancos e por isso está de nascença enviesado para a fraude (convém a todos os bancos aumentar a taxa de juro, convém a todos os bancos em dificuldade oferecer juros mais baixos para os empréstimos que pedem).

Os comentários estão fechados.