Passos Coelho Defende uma Política racional sobre Imigração europeia

ImigrantesImigração: direito humano e contribuição para o nosso desenvolvimento económico

Falando ontem na assembleia parlamentar da União para o Mediterrâneo, o Dr. Passos Coelho defendeu «a justiça moral» decorrente de uma «política de imigração mais aberta», salientou os «benefícios económicos dela», tanto mais que os « os países europeus são, em geral, países envelhecidos e com perspetivas de crescimento relativamente baixas», salientou que os «imigrantes» são fatores de crescimento económico, sublinhou que « uma política de imigração mais positiva, mais coerente nas suas várias dimensões, só faz sentido a nível europeu e em cooperação com os países de origem», defendeu a cooperação com os países de origem e acrescentou: «A Europa não deve tratar as relações com os seus vizinhos como relações que só interessam a um certo número de estados-membro».

O Economista Português felicita o Sr. Primeiro Ministro por ter defendido uma perspetiva racional sovbre a imigração e por ter sustentado que a União europeia não deve tratar-nos como roupa de franceses.

Os comentários estão fechados.