Perguntas sobre a Privatização da TAP

TapManutençãoUm leitor d’ O Economista Português enviou-lhe um texto sobre a privatização da TAP, assinado por «Carlos Paz Professor Universitário», de que extraímos algumas perguntas precisas e merecedoras de resposta:
• «O Caderno de Encargos da Privatização diz que é necessária a recapitalização da empresa, mas não diz:
– Com que valores;
– Em que prazos;
– Qual a necessidade de capitais públicos.
• «O Caderno de Encargos da Privatização diz que é necessária a renovação da frota, nomeadamente da Portugália, mas não diz:
– Em quanto tempo;
– Com que tipo de aviões;
– Quais as idades médias que se pretendem para a frota no curto e no médio prazo.
• «O Caderno de Encargos da Privatização diz que é necessária a manutenção do HUB do Aeroporto de Lisboa, mas não diz:
– O que é um HUB em concreto;
– Qual o volume de atividade da companhia que terá de permanecer na base de Lisboa;
– Como se vai regular (e supervisionar) esta atividade (e que acontecerá no pós-Portela).
• «O Caderno de Encargos da Privatização diz que é possível uma compra de até 61% da Empresa, mas não estabelece:
– Percentagens concretas;
– Prazos e preços para o remanescente;
– Condições de salvaguarda da posição do Estado (de TODOS nós)».

Os comentários estão fechados.