Condecorar Empresários ou Funcionários?

OrdemDeCristoCondecorações (quase) só para funcionários?

Foi hoje divulgada a lista dos condecorados no próximo 10 de junho. Apenas três são apresentados como empresários – e deles dois são brasileiros. A maioria, como habitualmente, são funcionários. O Economista Português  nada tem a opor à condecoração dos funcionários. Mas, quando se fala tanto em fomentar exportações e aumentar o PIB, no dia em que são condecorados sobretudo emigrantes ou os que deles descendem, não seria boa ocasião para dar mais peso aos empresários entre os condecorados? Porque o efeito social das condecorações está longe de ser nulo. A condecoração dá prestígio social (apesar ou por causa de todas as chacotas de que é alvo)  e mais prestígio social atrairia alguns dos melhores para o exercício da tão tão pouco acarinhada atividade de empresário.

 Notícia com os nomes de condecorados:

http://www.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=4607628&page=-1

2 responses to “Condecorar Empresários ou Funcionários?

  1. Depois do prémio dado ao Bava até o gato fica escaldado

  2. O Economista Português agradece o comentário. O Dr. Zeinal Bava era mais alto funcionário de empresários do que empresário em sentido próprio. Questão diferente é saber se os ministérios e a Presidência gerem um bom sistema de avaliação dos prospetivos condecoráveis. Sabendo nós que não há sistema de avaliação perfeito.