Governo de Esquerda: Berlim deu Carta de Alforria orçamental ao Dr. António Costa?

SemirotetoradoFür den Bereich unter Berücksichtigung, folgen Sie bitte den schwarzen Pfeil (For the area under consideration, please follow the  black arrow)

O Dr. António Costa, chefe de um partido derrotado nas eleições e putativo dirigente de uma vencedora maioria de esquerda, parece procurar julgar ter condições para formar um governo estável. Esse governo dependerá de ele ser agora autorizado a gastar mais dinheiro do Estado. Para gastar mais dinheiro do Estado pois para o défice ser superior a 3% do PIB), ele precisa da autorização da BB (BruxelasBerlim).

A Itália foi oficiosamente autorizada pela BB a gastar mais do que as metas sagradas da «regra de ouro» – mas há mais de 50 milhões de italianos e Goethe gostava muito de ir passar as férias grandes àquela linda e calorenta península (somos bastante menos de 50 milhões, pois os brasileiros e angolanos não contam, e, depois dos visigodos, o último alemão ilustre a visitar-nos com  … visibilidade foi a saudosa Srª D. Carolina Michaëlis).

A guincharia recente da Comissão bruxelina, tentando obrigar o governo português a entregar-lhe um orçamento legalmente inexistente,  sugere que a pobre comissionada estava sem instruções berlinenses. Tê-las-á recebido nestes últimos dias? Se recebeu, por lá ficou. Os Drs Coelho e Costa parecem não saber de nada – ou por não haver resposta à nossa pergunta, ou por haver e eles serem tratados à rédea curta. O caso está a empatar desnecessariamente a formação do governo do SemiProtetorado: se Berlim deu ao Dr. Costa a mesma latitude orçamental de que beneficia o executivo de Roma, o governo de maioria de esquerda talvez tenha algum tempo de vida; se não deu, não terá. Convinha esclarecer este ponto.

O Economista Português propõe que as autoridade legais e constitucionais do SemiProtetorado obtenham de hoje para amanhã informações claras sobre este ponto e as transmitam aos por ora tão louvados cidadãos portugueses.  A médio e longo prazo é financeira e economicamente irrelevante, para os próximos meses será decisivo. Para os próximos dias nem se fala.

One response to “Governo de Esquerda: Berlim deu Carta de Alforria orçamental ao Dr. António Costa?

  1. Pingback: O ECONOMISTA PORTUGUÊS – GOVERNO DE ESQUERDA: BERLIM DEU CARTA DE ALFORRIA ORÇAMENTAL AO DR. ANTÓNIO COSTA? | A Viagem dos Argonautas