Referendo do Brexit: não há duas sem três

Os britânicos votam hoje no seu segundo referendo sobre a permanência na União Europeia (UE). O primeiro foi em 1975, quando o animal referendado respondia pelo nome de Mercado Comum.

Os britânicos votarão hoje sim ou não. Se votarem sim, o Partido Conservador continuará dividido nas suas cúpulas sobre a UE e o Labour dividido continuará nas suas bases. A crise permanecerá, a pressão dos imigrantes aumentará, os britânicos sentirão estarem a ser explorados pelos europeus, a renacionalização das políticas causar-lhes-á ansiedade e o novo federalismo provocar-lhes-á rejeição. Haverá novo referendo. Se os britânicos hoje votarem não, a crise económica e financeira será imediata. Em breve terão que convocar novo referendo para verificarem que Britain does not rule the waves.

Não há duas sem três

Os comentários estão fechados.