Bolsas de investigação: Bruxelas prejudica Ciência portuguesa

BolsasCienciaUE

Portugal recebe cinco bolsas para jovens investigadores científicos e devia receber oito. Devia receber oito se fosse aplicado o critério habitual: a  população portuguesa em percentagem do total  da União Europeia (UE). Somos cerca de dez milhões em cerca de 500. Para mais, um dos nossos beneficiados não é português nem sequer cidadão da UE.  Em bom rigor, recebemos metade daquilo a que tínhamos direito. As bolsas são vultosas pois destinam-se a constituir equipas de investigação (aumentando assim as expetativas futuras sobre o orçamento português). A política da UE para a investigação científica sempre prejudicou os portugueses. Continuamos à espera de um governo que defenda os nossos direitos neste campo crucial. As bolsas em apreço foram atribuídas pelo assim chamado Conselho Europeu de Investigação.

Anúncios

Os comentários estão fechados.